Entenda o significado do Dia Nacional dos Povos Indígenas no Canadá

O dia 21 de junho celebra a herança única, as diversas culturas e as notáveis contribuições dos povos indígenas no Canadá. Este ano, porém, relembra também a recém-descoberta perda de 215 crianças na Escola Residencial de Kamloops, no interior de BC.

Crédito: Getty Images Signature

Dia 21 de junho é o Dia Nacional dos Povos Indígenas no Canadá, ou segundo o governo federal, “um dia para todos os canadenses reconhecerem e celebrarem a herança única, as diversas culturas e as notáveis contribuições dos First Nations, dos povos Inuit e Métis”. A Constituição canadense reconhece estes três grupos como povos aborígines, também conhecidos como povos indígenas.

“First Nations” (ou em tradução livre, “Primeiras Nações”) é um termo comumente utilizado para descrever os povos indígenas no Canadá que não são Métis ou Inuit.

Embora estes grupos compartilhem de muitas semelhanças, cada um deles tem sua própria herança, linguagem, práticas culturais e crenças espirituais distintas.

Em colaboração com organizações indígenas, o Governo do Canadá determinou 21 de junho, o solstício de verão, para o “Dia Nacional dos Aborígenes”, agora conhecido como Dia Nacional dos Povos Indígenas. Por gerações, muitos povos e comunidades indígenas celebraram sua cultura e herança neste dia ou próximo a este dia devido à importância do solstício de verão como o dia mais longo do ano.

O que levou à criação do Dia Nacional dos Povos Indígenas?

O dia de celebração dos Povos Indígenas foi anunciado em 1996 pelo então Governador Geral do Canadá, Roméo LeBlanc, após consultas e expressões de apoio para a criação deste marco anual por vários grupos indígenas.

Em 1982, a Irmandade Nacional do Índio (agora Assembleia das First Nations) convocou a criação do Dia Nacional de Solidariedade Aborígene. Em 1995, a conferência nacional de povos indígenas e não indígenas, convocou um feriado nacional para celebrar as contribuições dos povos indígenas. No mesmo ano, a Comissão Real de Povos Aborígines recomendou a designação de um Dia Nacional dos First Nations. Finalmente, em 21 de junho de 2017, ano do 150º aniversário da confederação canadense, o Primeiro-Ministro do Canadá anunciou a intenção de renomear este data como Dia Nacional dos Povos Indígenas.

Em memória das 215 crianças da Escola Residencial de Kamloops

O Dia Nacional dos Povos Indígenas deste ano relembra, através de diversos eventos e memoriais, as 215 crianças cujos restos mortais foram encontrados em uma vala comum, ao lado de uma antiga escola residencial para estudantes indígenas em Kamloops, no interior de British Columbia, a pouco mais de 350 quilômetros de Vancouver.

A Kamloops Indian Residential School funcionou entre 1890 e 1969, quando o governo federal assumiu a direção da escola, até então sob a administração da Igreja Católica. O local foi fechado em definitivo em 1978.

Com o objetivo de assimilar à força jovens indígenas à cultura europeia, as escolas residenciais eram internatos obrigatórios, operados pelo governo e autoridades religiosas.

As escolas residenciais funcionaram durante os séculos 19 e 20. Primeira instituição do gênero, a Mohawk Institute em Brantford, Ontario, recebeu seus primeiros internos em 1831. Já a Gordon Residential School em Saskatchewan, a última escola residencial financiada pelo governo federal no Canadá, fechou suas portas em 1996.

Descubra eventos para conhecer e celebrar a cultura indígena no Canadá:

Mês Nacional da História Indígena 2021: Governo do Canadá

Celebrando o Dia Nacional dos Povos Indígenas: CBC

Fique por dentro das notícias de Vancouver, do Canadá e da comunidade brasileira. Assine nossa newsletter semanal:




 

*campo obrigatório

 

Prestigie os anunciantes do Jornal Brasil Vancouver