“Raincouver”: Por que chove tanto em Vancouver?

Entenda porque chove acima da média na região metropolitana de Vancouver, porém mesmo assim, o clima da Lower Mainland é comumente considerado o melhor do Canadá.

São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, possui o carinhoso apelido de “terra da garoa”. Contam-se em média 107 dias de chuva no ano por lá para o desagrado de muitos paulistanos. De acordo com a edição brasileira do Guia de Viagens, há mais dias chuvosos em São Paulo do que por exemplo Manaus, que fica no coração da floresta amazônica, também denominada em inglês de “Rainforest” devido a sua umidade intensa e temperatura elevada.

Vancouver, porém, está em outro patamar. A região da Lower Mainland possui uma média de 161 dias chuvosos por ano, ou o equivalente a 45% de um ano inteiro. Os meses de novembro e dezembro, por exemplo, alcançam a proeza de atingir 30, às vezes 40 dias, sem que a luz do sol seja avistada. Tudo isso rende a cidade o carinhoso apelido de “Raincouver”.

Vancouver

O “Expresso do Abacaxi” e as causas da chuva

Mas afinal por que chove tanto? A resposta para esta pergunta está no chamado Pineapple Express (“Expresso do Abacaxi”). Antes, porém, vale observar que não é só Vancouver que é chuvosa, mas também boa parte da costa do Pacífico, desde o Alaska até o norte da California, passando por todo o litoral da província de British Columbia, e ainda os Estados de Washington e Oregon, nos Estados Unidos.

Em BC, inclusive, a cidade de Prince Rupert e as ilhas de Haida Gwaii, mais ao norte da província, são bem mais cinzentas do que a região metropolitana de Vancouver, alcançando uma inacreditável média de 237 dias de precipitação por ano, de acordo com dados do World Weather and Climate.

O termo “Expresso do Abacaxi” é bastante conhecido e utilizado por meteorologistas para descrever o processo que ocorre normalmente durante o Outono e Inverno em nossa região. É quando ocorre a formação de uma forte e insistente célula de baixa pressão próxima do Alaska, que gira na direção anti-horária e atrai os ventos oriundos de uma célula de alta pressão próxima da California, que gira na direção oposta.

Sendo assim, toda a umidade que é absorvida na zona tropical deste imenso oceano – região onde ficam as belíssimas Ilhas do Havaí – é trazida através de um gigantesco rio atmosférico que se forma e despeja toda essa umidade na costa do continente.

O Havaí é um dos maiores produtores de abacaxis do mundo e é justamente daí que vem o apelido utilizado para o fenômeno.

As duas cadeias de montanhas que existem ao norte e ao leste de Vancouver – as Coastal Mountains (Montanhas Costeiras) e as Rocky Mountains (Montanhas Rochosas) também ajudam a não deixar que toda esta umidade atravesse para o interior do país, que fica retida no litoral canadense, gerando toda a chuva que conhecemos.

Por que ainda assim o clima de Vancouver é comumente considerado o melhor do Canadá?

Todo brasileiro que já teve a oportunidade de morar ou passar um período em qualquer região do Canadá, além dos arredores de Vancouver, sabe exatamente como responder esta pergunta.

O engenheiro mecânico Caio Além, que vive atualmente em New Westminster e visita regularmente a província de Alberta a trabalho, explica que “Calgary é linda e a qualidade de vida é tão boa quanto em BC, mas faz muito frio.” Ainda segundo o brasileiro, com exceção do verão, está quase sempre nevando na cidade. “São meses e meses de muita neve.” ressalta.

Enquanto aqui há um descontentamento natural com o final do ano cinzento e frio, com o tempo recorrentemente chuvoso e temperaturas próximas ou pouco abaixo de 0⁰C, o restante do país está habitualmente coberto de neve e com o termômetro próximo aos 40 ou até 50 graus negativos.

Isso ocorre devido a proximidade da Metro Vancouver com o oceano e a mesma umidade que faz com que a região seja tão chuvosa. Estas duas características são também os fatores cruciais que permitem uma amplitude térmica bem mais baixa do que no resto do Canadá.

Os verões não são tão quentes e nem os invernos tão frios, ou seja, a Lower Mainland possui um clima em média bastante moderado.

Além disso, há ainda quem afirme que a cidade nem é tão cinzenta como diz o estereótipo. Na opinião de Felipe Schiochet, estudante de Economia, que já viveu por três anos na Inglaterra, o clima de Vancouver é de fato bastante moderado: “Eu adoro“ diz o imigrante brasileiro. “Prefiro mil vezes Vancouver, pois as quatro estações são muito bem balanceadas. O sol e o céu azul são mais presentes aqui ao longo do ano, o inverno é mais agradável e isso faz muita diferença na nossa rotina diária”.

Nada como um pouco de perspectiva. Como todo ano, a chuva vai passar em Vancouver.

Fique por dentro das notícias de Vancouver, do Canadá e da comunidade brasileira. Assine nossa newsletter semanal:




 

*campo obrigatório

Prestigie os anunciantes do Jornal Brasil Vancouver